Abstrações

Abstrações

Espetáculo sobre recriação do repertório original de Mímica Corporal Dramática de Etienne Decroux.

A montagem, com 60 minutos, é composta por recriações de peças solo e duos de Etienne Decroux, uma peça contemporânea (criada por alguns de seus discípulos), algumas figuras (pequenas peças) do repertório e criações da Angatu alicerçadas na M.C.D., que entremeiam as cenas e criam a linha dramática geral do espetáculo.

O espetáculo inicia com a peça contemporânea, que mostra um homem se relacionando com seus conflitos internos, utilizando uma cadeira e um jornal e termina com duas cenas clássicas do repertório original. Essas cenas também são a estilização do processo do pensamento através da mímica, mas carregam consigo o estilo clássico de Decroux, um homem impregnado pela poesia de sua época.

O espetáculo não utiliza palavras, apenas trilha sonora gravada.

Compõem o espetáculo:

  • O Jornal

(peça contemporânea criada por Tomas Leabhart e Steven Wasson, discípulos de Decroux)

 

  • O Carpinteiro / A Lavadeira / A Cadeira da Ausência / O Combate Antigo

(peças do repertório de Etienne Decroux)

 

  • São Sebastião /  O pintor / O Ferreiro /O Machado / Carícia nas costas de Vênus  /  Serpente no tubo / O número oito /  Despedida nas Docas

(figuras do repertório de Etienne Decroux)

 

 

OBS: Figuras são pequenas peças, como poemas visuais, inspiradas em imagens, esculturas ou mesmo poemas escritos.

Deixe uma resposta