Cadê todo mundo? v2.0

[photopress:titulo.jpg,full,centered]

Antes de Começar….

Cadê Todo Mundo?” estreou em Londres, Inglaterra, em 2005 sob o nome de “Where’s everybody?”. Em uma versão reduzida, sem cenário, viajou diversos festivais no interior da Inglaterra e na Irlanda do Norte, chegando ao Brasil em 2007, ganhando um cenário, mais objetos e mais máscaras.

No ano de 2008 é contemplado pelo prêmio ProAC da Secretaria do estado da Cultura do estado de São Paulo ganhando números novos ao seu repertório, em 2009 ganha o prêmio Carequinha de estímulo ao circo da Funarte onde o espetáculo foi todo reformulado, tendo seus figurinos, cenários, adereços e trilha sonora recriados, acrescentando ao título: “v2.0” e em 2010 recebe mais um ProAC números circenses ganhando um novo número para a finalização do espetáculo.

O espetáculo é constituído por cenas retiradas de um repertório de mais de 15 anos de pesquisa na linguagem do Palhaço, com cenas inspiradas desde palhaço tradicional, máscaras, manipulação de objetos até a pantomima de Marcel Marceau.

Este espetáculo solo de Victor de Seixas integra o repertório das companhias que ele atua: Circo Navegador, Companhia Santo Expedito DE Causas Urgentes, e núcleo Angatu.

[photopress:portrato.jpg,full,centered]

O Espetáculo:

Cadê Todo Mundo?” É um espetáculo solo realizado por Victor de Seixas, onde o Palhaço Tozinho em um divertido espetáculo de variedades é obrigado a demonstrar todas as suas habilidades.

Convidado a apresentar um fabuloso show de circo, onde nenhum dos artistas aparece, nosso herói sem saber o que fazer e sem querer perder o seu cachê decide fazer tudo sozinho, do leão e domador ao mágico.

O espetáculo, formado por várias esquetes de diferentes estilos foi estruturado de uma forma a manter uma linha dramaturgia, o roteiro é repleto de ações e em formato crescente, tem um ritmo ágil e uma estrutura firme até o final.

A estrutura do espetáculo é dentro da interação ator-platéia, o diálogo direto com público gera uma forte cumplicidade, deixando um ambiente propício ao desenvolvimento das ações que também emocionam além de divertir.

Repleto de surpresas, Tozinho muda de personagens com o uso de máscaras, manipula bonecos e objetos, faz mágicas, toca seus instrumentos e sua gravata e obviamente faz muita, mais muita palhaçada!

[photopress:cad___veja_1.jpg,full,pp_image]

Deixe uma resposta